Alimentação

No início da minha vida adulta, eu não consumia vegetais. Eu achava que detestava todos, mas nem experimentava. Antes eu era magra, mas não tinha uma alimentação saudável. Essa foi então a minha maior dificuldade quando decidi mudar meus hábitos alimentares…

Aos poucos fui amadurecendo e meu paladar me acompanhou. Resolvi experimentar novos alimentos e descobri vários sabores diferentes e deliciosos. Não conseguiria ser uma vegetariana como sugere o meu tipo sanguíneo (A), mas os vegetais fazem parte do meu almoço e do meu jantar tranquilamente, e eu aprecio muitos deles.

Métodos que já experimentei para emagrecer:

  • Grupo de ajuda: Vigilantes do Peso
  • Grupo de ajuda: Peso Ideal
  • Control
  • Sibutramina
  • Femproporex
  • Triac
  • Dietilpropiona
  • Fenoftaleína
  • Fluoxetina
  • Fibersan Plus
  • Porangaba
  • Herbalife
  • In Natura
  • Fucus Vesiculosos
  • Chá/ Complexo emagrecedor
  • Alcaflor
  • Esbeltrat
  • Algas Marinhas
  • Todas as dietas “da moda” que vocês possam imaginar!
  • CD “Emagrecer para a vida”
  • Método: “Emagrecer com mobilização do QI mental”
  • Metabolikey
  • Lembrando que não estou criticando nenhum deles, só não fui disciplinada o bastante para segui-los ou incluí-los permanentemente na minha vida, mas tem uns aí que são “furada” mesmo…hehe!

    Quase não como carne vermelha, por não apreciar  muito o sabor.

    Prefiro os alimentos integrais, pois meu intestino funciona melhor e me acostumei com o sabor e gosto de verdade.

    Alimentos que não faziam parte da minha rotina alimentar e agora fazem:

    • Arroz Integral
    • Proteína de soja
    • Soja
    • Leite de soja
    • Pães integrais diversos
    • Creme vegetal
    • Verduras e legumes
    • Frutas
    • Barras de cereais
    • Carne branca
    • Granola
    • Sementes de linhaça
    • Quinua (ou quinoa)
    • Aveia
    • Ração Humana Enjoei!
    • Água, muita água!

    Andei enjoando das barras de cereais, então quase não como.

    Tinha parado de ingerir refrigerante light (o normal eu não gosto), mas voltei a tomar nas festas de fim de ano de 2009, mas nunca fui de exagerar nesse “quesito”.

    Já fui chocólatra, mas consegui me livrar desse vício também. Ainda gosto de chocolate,  mas consigo perfeitamente ficar sem e quando a TPM ataca, como o de Soja, que eu adoro.

    Fiz um tratamento ortomolecular há um tempo atrás e descobri que o leite e seus derivados ajudam a alterar o meu peso, por isso evito esses alimentos.

    Em geral, nada é proibido prá mim, mas uso o bom senso (quando não estou compulsiva).

    Nunca fui de contar calorias, aliás não sei esse número decor de nenhum alimento. Tenho noção do que é mais ou menos calórico, mas não tenho paciência prá ficar contando (será por isso que sou contadora???).

    Atualmente tenho o acompanhamento de uma nutricionista, mas eu sei bem como me alimentar corretamente, mas acabo acrescentando guloseimas conforme as minhas emoções e ainda tenho um ou outro ataque compulsivo, infelizmente.

    Graças a Deus não sou neurótica a ponto de deixar de frequentar algum lugar por causa de comida. Não sou do tipo de pessoa que pensa nisso 24 horas por dia, apesar de descontar minhas emoções nas refeições. Sou mesmo uma criatura ambígua: tudo é motivo prá comer, mas eu não faço isso de caso pensado, entenderam? rs

    Não gosto de postar cardápio, tenho receio de que alguém o siga e tenha problemas. Posso fazê-lo para dar algum exemplo ou pedir alguma opinião, mas isso  será raro…

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    “Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar…”

    Clarice Lispector